ff

PortoAlegre.Net - blog@portoalegre.net
terça-feira, 25 de dezembro de 2012
Mulher se atrapalha para soltar cinto de segurança e é morta em assalto em Porto Alegre


Mulher se atrapalha para soltar cinto de segurança e é morta em assalto em Porto Alegre
62
 
 
Dois homens e um adolescente foram detidos pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul suspeitos de matarem a idosa Zilá Ferreira Holst
 
Uma mulher de 68 anos foi morta com quatro tiros na cabeça durante uma tentativa de assalto, na zona sul de Porto Alegre, na noite desse domingo (23). Conforme testemuhas, a idosa foi alvejada depois que se atrapalhou para tirar o cinto de segurança. Três suspeitos foram capturados. Dois fugiram.
 
Zilá Ferreira Holst dirigia seu Ford EcoSport, acompanhada do marido, Alfred Holst, 69, em direção à casa da família, na zona sul de Porto Alegre. Por volta das 22h40min, o casal passava pela estrada João Antônio da Silveira, no bairro Restinga, quando teve a frente fechada por um Fiat Marea.
 
Conforme os testemunhos de Holst e de uma pessoa que estava em uma parada de ônibus próxima, Zilá reduziu a velocidade e estava parando o carro quando se atrapalhou para tirar o cinto de segurança. Nesse momento, foi ouvido um "mata". Quatro tiros foram disparados e todos atingiram a cabeça da idosa.
 
O EcoSport perdeu o controle e caiu em um barranco às margens da estrada. Holst saiu do carro e se escondeu num matagal. Enquanto isso os suspeitos tentavam fugir, abordando um Renault Clio que passava.
 
A Brigada Militar foi acionada e, próximo ao local do crime, prendeu dois homens e apreendeu um adolescente de 16 anos. Jionhy de Oliveira, 31, e Anderson da Luz, 22, foram presos em flagrante. Todos possuem passagem pela polícia. Com eles foi apreendido um revólver calibre 38.
 
"Eles estavam num carro já em ocorrência de roubo, e, nesse meio tempo, já estavam roubando um  Clio. Só não fugiram porque foram interceptados pela polícia", disse o sargento da BM Joelson Barbosa.
 
Zilá e Holst moravam no litoral norte gaúcho, em Salinas (100 km de Porto Alegre), há cerca de 20 anos. O marido era alemão - estava no Brasil há 40 anos - e os dois optaram por deixar a capital para ter uma vida mais tranquila.
 
Eles iam a Porto Alegre em datas especiais visitar a família e amigos. Na hora do crime, o casal se dirigia à casa da filha, Patrícia Jelenski Weber, 45, onde jantariam e discutiriam detalhes sobre a ceia de Natal. Patrícia faz trabalho voluntário à população carente do bairro Restinga, região dominada pelo tráfico de drogas e que há anos contabiliza altos índices de violência.
 
Os presos devem ser indiciados por latrocínio. O carro em que estavam, o Marea, havia sido roubado na noite de domingo. Eles foram encaminhados ao Presídio Central, enquanto o menor, levado ao Deca (Departamento Estadual da Criança e do Adolescente). Até a conclusão desta reportagem, nenhum defensor do trio havia sido localizado para comentar as prisões.
 
Fonte UOL

Postado por WM Internet as 10:00 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

 

?timos Posts

Acidente entre carro e caminhão mata quatro pessoa...
Muito calor
Acidente causa morte em São Leopoldo e vítimas do ...
Pai e filho morrem em acidente em Gravataí
Operação Verão da Marinha do Brasil
Vinte de Setembro - Amor a pátria gaudéria
Ministério da Saúde admite ter errado no combate à...
Corte de árvore na Rua Gonçalo de Carvalho gera pr...
Mulher espera por leito em maca de ambulância por ...
Dois morrem em grave colisão entre dois carros e c...

Arquivos

Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Agosto 2014 Novembro 2014 Agosto 2015 Outubro 2015

 

 

 

WM INTERNET